O Instituto Fraunhofer IPK, com sede em Berlim, e o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) inauguraram o Fraunhofer Project Center for Advanced Maufacturing @ ITA (FPC@ITA). O centro de projetos sela oficialmente uma cooperação estratégica entre a instituição de pesquisa alemã e uma das melhores escolas de engenharia do Brasil.

O ITA oferece pesquisa e ensino em diversos campos da engenharia: aeroespacial, aeronáutica, civil, mecânica, computação e eletrônica. Está localizado dentro do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), considerado um dos maiores centros de pesquisa da América Latina. O ITA foi responsável por grandes avanços no Brasil nos últimos 60 anos, incluindo a criação Empresa Brasileira de Aeronáutica (Embraer), o desenvolvimento do Programa de Etanol Automotivo, bem como o aprimoramento do setor de telecomunicações (Telebrás).

No futuro, o Instituto Fraunhofer em Sistemas de Produção e Tecnologia de Design IPK e o Centro de Competências para a Manufatura (CCM) do ITA desenvolverão conjuntamente soluções de tecnologia de produção em benefício da indústria no Brasil, incluindo empresas alemãs e europeias que produzem localmente », disse o Prof. Dr. h. c. Dr.-Ing. Eckart Uhlmann, diretor do Fraunhofer IPK e presidente do FPC@ITA, durante a cerimônia de assinatura, em São José dos Campos, no dia 7 de novembro de 2017.

São José dos Campos é o local perfeito, no Brasil, para um Fraunhofer Project Center com foco em pesquisa e desenvolvimento industrial. Cerca de 50% das empresas industriais brasileiras estão localizadas a 200 km da cidade. Mas, isso não é tudo: a mesma região também hospeda 70% de todas as empresas alemãs que administram filiais brasileiras. Muitas dessas empresas alemãs manifestaram interesse em cooperar com o FPC@ITA, algumas cooperações já foram iniciadas. No total, projetos no valor de aproximadamente 11 milhões de euros estão atualmente em execução ou foram recentemente concluídos pelo Fraunhofer IPK no Brasil, muitos deles já em estreita colaboração com o ITA e o CCM. A ligação na área de P&D começou simultaneamente com uma cooperação educacional: por cerca de cinco anos, o programa de intercâmbio universitário “Ciência sem Fronteiras” levou inúmeros estudantes brasileiros ao Fraunhofer IPK. Muitos desses agora apoiam as atividades de pesquisa do Fraunhofer IPK em seu país de origem.

Os serviços de pesquisa do novo centro de projetos baseiam-se na cadeia de processos em empresas industriais e incluem inovações sustentáveis nas áreas de gestão corporativa, desenvolvimento de produtos, sistemas de produção e tecnologia de fabricação e automação. As competências complementares dos dois institutos de pesquisa permitem o desenvolvimento e a implementação prototípica de soluções de sistemas complexos para produção digitalmente integrada (DIP).